Carregando...

27 de abril de 2018

SmugMug e Flickr juntos, o que isso significa?


O fato: A SmugMug adquiriu o Flickr. A pergunta: Mas o que isso significa?

Para a maioria das pessoas, que surfam na onda do Instagram ou Snapchat, isso pode não significar nem representar nada, afinal nunca tiveram conhecimento ou deram bola para estes serviços de fotografia na Internet. Mas para uma comunidade razoavelmente numerosa, tanto para aqueles que já usaram alguma vez o Flickr, ou que continuam a utilizar, a notícia recente significa que finalmente deverá ser tomada uma atitude concreta a partir de agora. Até 25 de maio de 2018, você que tem ou já teve uma relação com esta venerável comunidade que é (ou foi?) o Flickr, deve decidir se continua no barco e espera pelo horizonte incerto que vem a seguir, ou pega sua mala (quer dizer, todas suas fotos existentes por lá) e vai embora.

A partir de um anúncio em destaque na página inicial do Flickr, e um email enviado aos usuários, a notícia da aquisição foi dada na quinzena final de abril, de uma maneira otimista, com vídeo bacaninha e fotos inspiradoras permeadas de um texto que não deixa muito claro o que vai acontecer na prática, mas que encoraja aos apaixonados por fotografia da comunidade Flickr a continuar juntos e dar mais uma chance ao serviço que foi um dia o queridinho da fotografia na Internet, quando surpreendia a gigantes como Facebook e Google, pelo modo como juntava as pessoas através do compartilhamento inovador de imagens na web. 
O Flickr foi iniciado em 2004 e adquirido pelo Yahoo em 2005 por aproximadamente US $ 25 milhões. O site se tornou popular entre os fotógrafos profissionais e amadores, formando um papel central na vida cultural da Internet, hospedando 6 bilhões de fotos até 2011 e 87 milhões de usuários registrados até 2013. O Flickr foi, em certo ponto, o precursor de muitas coisas corriqueiras e importantes que usamos hoje, como as hashtags (etiquetas no Flickr) ou marcações de pessoas nas fotos. Além do fato que o Flickr é o lar de milhares das melhores fotos já publicadas na Internet. Faça um teste usando o buscador do Google e verá do que eu estou falando.

 Mas o Yahoo não conseguiu investir no Flickr, levando-o a perder o foco na fotografia de smartphones e na ascensão do Facebook e do Instagram. Após uma série de redução de custos e demissões na empresa, o Flickr recebeu um breve alívio em 2012, quando Marissa Mayer assumiu o comando do Yahoo, oferecendo aos usuários 1 TB de armazenamento gratuito e uma revisão de sua interface de usuário. Mas até então muito terreno havia sido perdido para as empresas do Facebook.

A decadência do icônico Flickr aconteceu porque o serviço, sob a tutela do Yahoo! desde 2005, não soube acompanhar as tendências no tempo correto (o famoso "timing") e perdeu o pulo do gato, quando não aproveitou a explosão e onipresença do fator mobile, ao deixar de criar um aplicativo decente para uso em smartphones. Talvez o Flickr pudesse ter sido o que é o Instagram hoje. Mesmo assim, foi sobrevivendo ao longo dos anos e agora tem uma nova chance de resgate à beira da morte, com esta união à comunidade SmugMug, um serviço feito com valores e paixão especialmente direcionado à fotógrafos ou quem ama fotografia.

Vídeo bonitinho da união feito para a ocasião...

A aquisição do Flickr pelo SmugMug pode significar efetivamente seu fim, ou o renascimento de uma fênix. Ficar como estava não dava mais. O Flickr costumava ser um lugar empolgante e brilhante, mas estava apagando pouco a pouco. A notícia é um alento para aqueles que ansiavam por mudanças. Segundo o próprio Flickr, após quase 14 anos sob o guarda-chuva do Yahoo e mais recentemente da Oath, mudar para uma família menor, mais voltada para a fotografia, será ótimo para o Flickr e também para a SmugMug que é dedicada à fotografia e aos fotógrafos desde 2002.

Para quem tem uma conta no Flickr, em curto prazo não muda muita coisa, pois os dados de login continuam a valer e o serviço continua a ser oferecido de maneira independente. Porém o Flickr será transferido para a infraestrutura da SmugMug e funcionará de modo integrado. Em um futuro não muito previsível, devem ocorrer mudanças. Afinal, pela primeira vez desde 2005, o Flickr será administrado por uma empresa focada em fotografia. Até 25 de maio você deve decidir se concorda com os termos de serviço e política de privacidade da SmugMug ou se deseja excluir a conta Flickr.

Se você tem alguns questionamentos sobre a união das marcas, pode querer acessar o faq existente nesta página do SmugMug. Há também no Flickr FAQ que pode ser visto AQUI. E claro, se quiser checar algumas análises independentes de sites especializados (em Inglês) deixo listado abaixo:
FAST COMPANY
CNET
THE GUARDIAN

0 comentários:

Postar um comentário

Use seu Facebook para comentar!

 
Mostre algo mais!
TOP